Autopoeta

2012, UMA COMPILAÇÃO

Posted in consciência, sociedade by autopoeta on dezembro 26, 2012

liberdade dentro

A liberdade é dentro.

(Imagem: Mehdi Mohammadi Rouzbahani, Iran)

______________________

Anciões de Liberdade – Projeto Anciões [Terra Una / Ponto 1 de Cultura e Sustentabilidade / Funarte]

______________________

quatro circulos perfeitos

Não vemos as coisas como são.
Vemos as coisas como somos.

Humberto Maturana

______________________

(Rie Chinito – Perota Chingo)

______________________

(Imagem: Romulo Zapponi)

” A esperança não é a possibilidade de um futuro melhor,

mas a certeza de se estar fazendo a coisa certa HOJE”

Waclav Ravel

______________________

a motivação d’água é a riqueza da simplicidade
que gira a roda da vida e faz acontecer o tempo:
o embalo do apreço é a alegria de me fazer arte.

_____________________

nature is love.

_____________________

____________________

Gratefulness.

____________________

Água desenham árvores e trazem à tona a conexão essencial de todos os seres.

(Foto de Adriana Franco – Baja California, Mexico)

____________________

“O universo apenas finge ser feito de matéria, quando secretamente ele é feito de amor.”

“The universe only pretends to be made of matter, when secretly it is made of love.”

Daniel Pinchbeck

_____________________

Sinta-se abraçado.

________________________

O majestoso paradoxo da vida: ser nada mais que poeira sem importância nenhuma diante da imensidão cósmica; e, ao mesmo tempo, ser o centro e a expressão da totalidade em si, estando ligado a tudo e sendo essencial para que o universo seja o que é.

___________________

Antes das igrejas haviam as sagradas florestas de árvores.

____________________________

____________________

Protegendo as anciãs.

____________________

Amor é chama.

_________________

neste poema Cecília Meireles verseja o eterno porvir para ser além:

Renova-te.
Renasce em ti mesmo.
Multiplica os teus olhos, para verem mais.
Multiplica-se os teus braços para semeares tudo.
Destrói os olhos que tiverem visto.
Cria outros, para as visões novas.
Destrói os braços que tiverem semeado,
Para se esquecerem de colher.
Sê sempre o mesmo.
Sempre outro. Mas sempre alto.
Sempre longe.
E dentro de tudo.

__________________

“Houve um tempo em que a natureza fortalecia o homem, instruía-o, curava-lhe as feridas e lhe proporcionava a força de viver. O homem estava repleto de compaixão e de amor maternal pela terra e sabia que seu coração afastado da natureza torna-se seco e duro. Esse tempo não desapareceu. Ele se encontra dentro de ti, indestrutível. Basta apenas modificar o teu modo de olhar as coisas, buscando dentro de você o poder de seu espírito.”

Provérbio Sioux

_____________________

O Grande Espírito de Amor Universal de Todos os Povos; este advém da chama crística que é o mais despido e verdadeiro espírito do Natal.

Que venha 2013 com o esplendor do amanhecer.

_____________________