Autopoeta

MINDWALK – O PONTO DE MUTAÇÃO

Posted in arte, ciência, consciência, sociedade by autopoeta on agosto 27, 2011

‎”Ao término de um período de decadência sobrevém o ponto de mutação. A luz poderosa que fora banida ressurge. Há movimento, mas este não é gerado pela força… O movimento é natural, surge espontaneamente. Por esta razão, a transformação do antigo torna-se fácil. O velho é descartado e o novo é introduzido. Ambas as medidas se harmonizam com o tempo, não resultando daí, portanto, nenhum dano.”

I CHING

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Mindwalk – O Ponto de Mutação (Direção de Bernt Capra, 1990)

Importante obra cinematográfica inspirada no livro homônimo de Fritjof Capra.

Três personagens – uma cientista, um político e um poeta – criam paisagens mentais capazes de nos guiar através do salto evolutivo rumo a uma nova e inspiradora visão de realidade.

________________________________________________________

Anúncios