Autopoeta

02. TRABALHO

FILIPE FREITAS (23/04/1975)

Membro da Associação Terra Una – www.terrauna.org.br

Linhas de Atuação

Educação Ecológica

Design de Comunidade

Biodanza

Produção Audiovisual

Contatos

poesianatural@gmail.com

21 9 8240 1705

skype: autopoeta

Serviços que eu ofereço:

Biodanza Atualmente facilito um grupo regular de aprofundamento em Biodanza no Rio de Janeiro que se encontra uma vez por semana – segundas-feiras – para um processo de grupo visando a expressão dos potenciais, a apropriação do próprio movimento e o aprofundamento dos vínculos. Ofereço vivências para fins de treinamento, celebrações, programações culturais, entre outras, para empresas, festivais, grupos familiares, casamentos, etc. Visite a página do Facebook: Autopoesia Biodanza

Educação para o Design de Ecovilas | Através da equipe de Terra Una, participo da produção e corpo docente dos cursos Gaia Education no Rio de Janeiro, Belo Horizonte e em Terra Una. Acessem o link para mais informações: www.terrauna.org.br/gaia

Consultoria em Sustentabilidade e Desenvolvimento Humano | Presto serviços de consultoria em programas de educação para sustentabilidade e de qualidade de vida em empresas visando eficiência operacional, fortalecimento dos processos de liderança, tomadas de decisão e comunicação colaborativa, integração de equipes, melhoria da saúde individual e coletiva.

Produção Audiovisual | Desenvolvo trabalhos como diretor, produtor, fotógrafo e editor, tendo por base a execução de projetos. A perspectiva de meu trabalho audiovisual é realizar produções educomunicativas com tecnologias leves e baixo orçamento, visando produtos de fotografia e vídeo caracterizados por simplicidade, cuidado estético e eficiência de conteúdo. Alguns vídeos que realizei estão no meu canal do YouTube: www.youtube.com/user/autopoeta

***************************************************

Apresentação

Natural de Belo Horizonte, pai de Aurora e Iuri, estudei Comunicação e Artes e, durante meus anos de universidade, atuei no âmbito cultural, envolvido com produção audiovisual – vídeo e fotografia. Atuei como fotógrafo e produzi e dirigi documentários e vídeos autorais, alguns deles com reconhecimento em festivais e/ou com exibições em TV.

Com minha formatura, a paternidade, livros e viagens, fui me sensibilizando para as questões globais, vivenciando um processo de conexão ecológica e me orientando para a educação de crianças, jovens e adultos como caminho.

Nesse tempo fiz especialização em Educação Ambiental e me associei à Alternativa – empresa de consultoria orquestrada por José Henrique Porto Silveira, cuja experiência na condução de projetos pedagógicos de educação ambiental nos aproximou por afinidade.

Com Zé Henrique e sua equipe atuei durante sete anos como consultor em programas de ecoalfabetização, o que me proporcionou realizar cursos, palestras, oficinas e vivências em empresas, escolas públicas e particulares, universidades, institutos, centros de educação ambiental, unidades de conservação e centros comunitários.

Nestes anos, pratiquei e cursei a formação docente de Biodanza na Escola de Biodanza Sistema Rolando Toro de Belo Horizonte, com a professora Liliana Viotti. Biodanza é um sistema de vivências em grupo criada pelo antropólogo e psicólogo chileno Rolando Toro (veja o link sobre Biodanza), no qual encontrei um vasto campo de ressonância com as idéias ecológicas. E assim, ao longo desses anos, venho buscando fazer conexões entre epistemologia e vivência, a nova consciência e a Biodanza.

Desde 2003, quando fiz o curso “Treinamento em Ecovilas”, orquestrado por May East em nome da Findhorn Foundation, meus passos são decisivamente influenciados pelo paradigma das ecovilas e foi por aí que em 2008 me associei a Terra Una – ONG e ecovila em Liberdade, Serra da Mantiqueira, nascida da compra coletiva de 47 hectares de terra.

Em Terra Una participo da criação e da implementação permacultural da ecovila, nossa sede, como um projeto de criar vida juntos.

E como parte da equipe de Terra Una, colaboro na organização do Curso Gaia Education no Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Gaia Education é uma evolução do Treinamento em Ecovilas, sendo um currículo elaborado por um consórcio de educadores (GEESE) associados à rede global de ecovilas (GEN), em uma abordagem holística e transdisciplinar que pretende ser um modelo de educação global de jovens e adultos, visando sensibilizar, mobilizar e instrumentalizar as pessoas para gerar processos sustentáveis, ampliando a responsabilidade individual e a ação coletiva. Assista ao vídeo do Gaia Education aqui. Realizei os registros audiovisuais do Educação Gaia 2009 e 2010 no Rio de Janeiro (assista aqui).

Em 2016 conclui mestrado em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social, com a dissertação intitulada Eros e Comunidade: uma investigação etnográfica sobre o amor livre como ordem social confluente na ecovila de Tamera em Portugal. Nos últimos anos venho me dedicando a aprender e praticar o Forum de Tamera e ZEGG como ferramenta de criação de comunidades.

Em 2009 retomei o fazer audiovisual realizando o documentário Saindo da Lixeira – que aborda a questão dos resíduos sob o viés da humanidade dos agentes da cadeia da reciclagem, procurando tocar a consciência através de sentimentos de pertencimento e solidariedade.

Em 2012 apresentei o projeto Anciões, composto de dois vídeos de curta-metragem e uma galeria fotográfica que realizei junto a antigos moradores da Serra da Mantiqueira, no entorno de Terra Una.

Estou há um tempo sem produzir, mas sempre nutro o desejo de seguir criando em suporte audiovisual.

Estes quatro eixos – audiovisual, educação ecológica, biodanza e design de comunidade – formam meu cotidiano de produção.

Atualmente vivo na rota Terra Una – Rio de Janeiro e ofereço palestras, oficinas e cursos de sensibilização ecológica, produções educomunicativas e vivências de Biodanza.

***************************************************

Autopoesia é um conceito que venho pesquisando e desenvolvendo ideias há muitos anos. Realiza-se na forma de processos educativos associados à Biodanza em formatos diversos. Alguns temas que associo na forma de palestras e vivências:

1. Visão de Mundo Ecológica

Apresenta visões de natureza de forma a constituir uma cosmovisão integrativa, visando sensibilizar e promover mudança de comportamento nas pessoas através de um maior sentido de pertencimento à Terra e à natureza.

2. Princípios Ecológicos

Apresenta princípios que organizam os sistemas naturais (redes – ciclos – fluxos – diversidade – flexibilidade – equilíbrio dinâmico – sinergia) e os fazem sustentáveis, trazendo a reflexão sobre valores e práticas da sociedade e apontando possibilidades de transformação pessoal e social a partir desses princípios.

3. A Eco-Lógica / Dialógica

Promove reflexão em torno da maneira como pensamos e agimos, visitando raízes históricas do pensamento ocidental e explorando idéias de filósofos e profetas para buscar uma melhor compreensão da racionalidade contemporânea. Nesse passeio, o público entrará em contato com a aguda transformação do pensamento que está em curso a partir do novo paradigma científico, cuja popularização deverá possibilitar a transição de uma lógica centrada no indivíduo e na espécie (a ego-lógica) para uma lógica centrada no planeta e na vida como um todo (a eco-lógica).

4. Mudanças de Percepção: O Paradigma da Abundância

Transita em torno das mudanças de percepção promovidas pelo pensamento ecológico e as novas possibilidades de realização humana no âmbito da economia, agricultura, arquitetura, saúde, educação, entre outros, sustentadas por valores que trazem à tona a possibilidade de uma vida pacífica e abundante para comunidades e nações.

5. Ecologia Profunda: Reconexão com a Terra

Enfoca a mudança estrutural do pensamento trazida pela Ecologia Profunda como abordagem filosófica de integração, trazendo a compreensão de que a espécie humana não é a mais importante ou a mais evoluída da natureza, mas apenas um dos fios que compõem a majestosa teia de organismos interdependentes que se expressam como a vida do Planeta Terra.

6. Humanidade e Evolução

Através de uma linha do tempo que abarca toda a história natural, desde os primórdios do Universo, passando pelo surgimento do Planeta Terra e enfocando a evolução dos seres vivos, a palestra busca refletir sobre nossa ancestralidade através do entendimento do processo único de vida do qual somos parte e que já dura bilhões de anos, de forma que possamos nos sentir filhos do Sol e irmãos de todas as criaturas.

7. Autocura e Evolução

A partir de uma pesquisa baseada em analogias entre o organismo humano e Gaia, o organismo terrestre, apresenta a metáfora de uma patologia planetária como ponto de convergência para o estabelecimento de planos de ação de cura que possam permear e concatenar efetivamente os esforços das redes de educação e ação social.

8. Ecovilas e Permacultura

Ecovilas – comunidades sustentáveis – se baseiam em oito níveis de sustentabilidade: ecológica, econômica, política, educacional, cultural, comunicacional, espiritual e na saúde. A Permacultura é um sistema de planejamento e design de assentamentos baseado no pensamento ecológico. Pretende mostrar que, juntos, os conceitos de ecovila e permacultura dão forma física ao novo paradigma de relações do ser humano com a natureza.

9. Biodanza e o Princípio Biocêntrico

Biodanza é um sistema de desenvolvimento humano que se utiliza de música e movimento para deflagrar vivências integradoras. Sua base filosófica é o Princípio Biocêntrico, que busca a valorização do fenômeno da vida em sua totalidade. Apresenta a base conceitual da Biodanza no sentido de estimular sua prática e, conseqüentemente, aumentar a vitalidade, estender o prazer no contato com o mundo e as pessoas, desbloquear a criatividade, fortalecer a afetividade e ampliar a consciência dos participantes.

10. Ecologia Industrial

Inspirada nos novos modelos de sustentabilidade dos processos produtivos, apresenta a mudança de paradigma na indústria e comércio, trazendo à tona um novo panorama econômico que busca aliar desenvolvimento, produtividade e organização com premissas de conservação da vida e sociedade justa.

11. Todo Resíduo é Alimento

Cria um espaço para a reflexão em torno da questão dos resíduos sólidos em suas dimensões ecológica, social e econômica, apresentando práticas bem sucedidas de gestão dos resíduos em nível domiciliar, empresarial e municipal. Pretende instigar o participante a olhar para os resíduos como um potencial recurso, um alimento para outros processos, de maneira que o cuidado com o consumo e com a destinação correta seja alavancado pelo entendimento dos ciclos da natureza.

12. Economia Associativa e Sinergia

Faz uma reflexão em torno dos processos cooperativos e competitivos e apresenta ferramentas econômicas baseadas em um pensamento de “ganha-ganha”, dando vazão a padrões de produção associativos, nos quais a parceria e a sinergia entre os indivíduos são preconizadas como base de ação cotidiana.

13. Liderança Circular e Consenso

Aborda técnicas de comunicação em grupo capazes de aprimorar os processos comunicativos, visando criar contextos favoráveis para vivências, desenvolvimento de projetos, em suma, criar vida juntos.

14. Saúde Integral

Traz uma reflexão em torno do atual nível de saúde individual e coletiva e do padrão remediador de assistência à saúde que prepondera nos dias de hoje, e apresenta um modelo de saúde comunitária baseado em respiração, alimentação, atividade física, pensamento positivo, relações humanas harmoniosas, meditação e relaxamento.

15. Mídia, Fortalecimento Comunitário e Formação de Redes

Busca refletir sobre a linguagem da imprensa e da publicidade, abordando a complexidade do processo de controle social através de propostas de fortalecimento comunitário e formação de redes de ação eco-lógicas.

16. Caos, Natureza e Imaginação

Apresentando o Caos na Matemática e na Mitologia, visa ampliar a percepção dos participantes em relação aos padrões estocásticos de forma que o pensamento convencional se abra à incerteza inerente ao processo dos seres vivos e a necessidade de controle característica da sociedade atual possa ser transformada em um novo comportamento mais flexível e criativo.

17. A Linguagem dos Padrões

Traz à tona padrões naturais que se apresentam como formas reconhecíveis em diversas escalas e dimensões. Entender os padrões da natureza como linguagem da vida apresenta-se como profunda mudança de percepção rumo ao pensamento ecológico.

18. Holística: Ponte entre a Ciência e a Arte

Mostra como o pensamento científico se transforma profundamente com o desenvolvimento da abordagem holística, superando as limitações da ciência mecanicista, reducionista e determinista, ao se abrir para os padrões estéticos, as metáforas, os paradoxos e a subjetividade característicos do domínio das artes.

19. As Plantas e a Humanidade: As Drogas na Contemporaneidade

Traz uma abordagem histórica da relação dos seres humanos com as plantas no que tange sua utilização como instrumento de alteração de consciência desde a antiguidade até os dias de hoje. Buscando trazer informações relevantes em torno das plantas consumidas com estes fins, espera-se assim promover um olhar mais lúcido em torno da questão das drogas.

20. Espiritualidade Ecumênica: O Grande Espírito de Todos os Povos

Visa trazer elementos da sabedoria perene advinda das tradições espirituais da humanidade, buscando construir um panorama ecumênico em que o participante possa absorver as virtudes de cada linha de pensamento e compreender a unidade que subjaz de todas as abordagens sagradas. Sugere-se, então, tal unidade, inserida na diversidade de caminhos e práticas, como a chave para o desenvolvimento de comunidades coesas e integradas.

 

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: