Autopoeta

CIDADANIA X CORRUPÇÃO

Posted in consciência, sociedade by autopoeta on dezembro 9, 2015

fractal 08

 *

 

A atual situação política brasileira é uma grande oportunidade para superarmos antigos e envelhecidos modelos políticos e ampliarmos a noção de cidadania. A união pela democracia nos oferece uma singular oportunidade para transcender as dicotomias que, por muito tempo, cindiram/cindem a humanidade:

brancos x índios e negros,

homens x mulheres,

patrões x empregados,

judeus x cristãos x muçulmanos x nativos,

capitalistas x socialistas

conservadores x liberais,

Podemos agora orientar a política para uma única e mais abrangente polaridade: quem está agindo a partir de valores humanistas e ecológicos x quem reproduz uma lógica usurpadora egocêntrica antiética.

A cidadania é um conceito que representa a primeira. A corrupção é um conceito que representa a segunda. A sociedade é como um grande espectro entre um pólo e outro e a corrupção hoje prevalece entranhada no sistema político.

O fato é que existem cidadãos e corruptos brancos, índios, negros, homens, mulheres, patrões, empregados, judeus, cristãos, muçulmanos, nativos, capitalistas, socialistas, conservadores, liberais… variando basicamente proporções.

(Reforço que, em última instância, a divisão entre cidadãos e corruptos é errônea, pois não existem propriamente uns e outros, estamos todos lidando internamente com diferentes níveis de cidadania e corrupção.)

É possível identificamos, em todos os lados, quem está atuando no mundo através de humanismo e ecologia e quem está infringindo e bloqueando a evolução agindo deliberada e desequilibradamente por interesses pessoais.

Cidadania x corrupção é a polaridade política que deve nos orientar.

O que passa é que corruptos desenvolveram, há séculos, estratégias sociais em que fragmentam os cidadãos em diversos ‘caixotes’ ideológicos. É uma estratégia e tanto, e possivelmente a única forma de conter a força da cidadania.

Então: estou sugerindo que é possível que o povo brasileiro tenha alcançado um nível de compreensão cultural que favoreça um salto na direção da cidadania, um abrupto aumento do seu significado e sua prevalência na sociedade. A ocupação das escolas em São Paulo é um indício do que estou falando.

Ao transcender as divisões mentais de raças, gêneros, credos, ideologias e reforçar as ações integradas que garantam a ética cidadã nas instâncias de tomada de decisão que viabilizam a sociedade, encontramos a chave para atuar efetivamente sobre o crime organizado e os regimes totalitaristas.

O Estado democrático erigido pelo esforço do povo brasileiro ao longo de muitas décadas é o nosso grande tesouro cultural e é em sua defesa que todos devemos atuar neste momento.

E trago a necessidade de pensarmos um projeto político que estabeleça uma plataforma que ressignifique papeis e desconstrua antagonismos no âmbito da cidadania, a partir de uma perspectiva educativa, gerando força física e espiritual para extirpar a corrupção das instâncias de poder.

Para tanto precisamos dar conta de olhar para dentro e identificar a violência que habita cada um de nós. O trabalho sobre os próprios núcleos de corrupção é muito mais efetivo do que o trabalho de apontar a corrupção dos outros.

Fortalecendo nossos mecanismos de autorregulação, podemos de fato criar estruturas eficazes para dissipar a corrupção organizada que se apropriou do Brasil e do mundo.

Ainda estamos aprisionados, mas as sementes da liberdade já estão semeadas.

*********

PS. Optei por não modificar o padrão da língua portuguesa, mas peço que considerem, contudo, as palavras como genéric@s.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: