Autopoeta

CHOQUE DE AMOR

Posted in arte, consciência, sociedade by autopoeta on novembro 22, 2011

Iniciativa gestada por participantes do Educação Gaia Rio de Janeiro, consiste em promover intervenções urbanas não-violentas e afetivas para difundir valores de fraternidade, gentileza, amizade, parceria e amor universal.

Brotam do coração da diversidade como ações de integração, de ampliação da confiança da população, rumo a mudanças estruturais de consciência.

Na iminência do ano 2012, é uma chamada para irmos ao espaço público tecer novas relações de cumplicidade e criar ambientes de colaboração e apoio mútuo, em consonância com os movimentos de ocupação e organização da sociedade civil.

Os choques de amor vêm para sacudir a pessoa comum trazendo um sopro de energia positiva para que esta possa sair do torpor e se recordar de sua verdadeira natureza de participante da comunidade da vida.

Choques de amor são para serem replicados! Incentivamos grupos dos mais diversos, sejam colegas de sala de aula, de trabalho, jogadores do mesmo time, primos, amigos reunidos, a ideia é deflagrarem-se choques de amor por todas as partes de todas as cidades.

Somos os 99% da população que queremos a mesma coisa: paz, alegria, satisfação, serenidade, conhecimento, criatividade, ternura e transcendência.

Somos aquel@s por quem estávamos esperando.

Rio de Janeiro, primavera de 2011

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Música Incidental: Elle Shelle, de Andreas Vollenweider e Bob McFerrin. Do álbum Cosmopoly, de Andreas Vollenweider.

Citação da letra da canção “O Sal da Terra”, de Beto Guedes.

Captação e montagem: Filipe Freitas

MURMURATION

Posted in arte, ciência, consciência by autopoeta on novembro 12, 2011

Murmuration traz a majestosa presença e a dança de uma revoada de estorninhos da qual emerge um superorganismo alado.

Um vídeo de tirar o fôlego no encontro com a suprema sabedoria da natureza.

Desfrutem e se emocionem com esta expressão divinal da complexidade da vida. Imperdível.

:: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: ::

:: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: ::

Um filme de Liberty Smith e Sophie Windsor Clive.

Música de Emmett Glynn e banda.

http://www.islandsandrivers.co.uk

:: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: :: ::

FLUXOS FRACTAIS

Posted in arte, ciência, consciência by autopoeta on novembro 12, 2011

a fascinante realidade dos fractais:
a textura em movimento da natureza
no fluxo das formas em múltiplas dimensões.

Ao fundo o Conjunto de Mandelbrot, uma das mais complexas imagens já imaginadas pelo ser humano.

FANTASTIC CELL

Posted in arte, ciência, consciência by autopoeta on novembro 11, 2011

Linda animação que expressa a criatividade infinita do princípio auto-organizador da matéria viva.

.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..

.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..

Mirai Mizue é um expoente da nova geração de animadores abstratos japoneses. Sua obra traz consigo a obsessão pela criatividade que brota espontaneamente do movimento essencial do que está vivo. Esta outra animação, mais recente, se põe no limiar entre a ordem e o caos, precisamente o território por onde navegam os sistemas vivos em seu imperativo autopoético.

.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..

.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..